‘A Forma da Água’: a combinação Del Toro, monstros e bom romance

A Forma da Água’, do diretor Guilhermo del Toro, tem nada mais nada menos do que 13 indicações ao Oscar deste ano. E merece cada uma delas. O longa é mais um conto de fadas bem ao estilo de del Toro, com uma pitada de bizarro e erótico ao mesmo tempo. A história mostra a relação entre a faxineira muda Elisa, interpretada por Sally Hawkins, e uma criatura com forma humana, que é criada em um cativeiro em Baltimore, nos Estados Unidos.

A paixão de del Toro por criaturas e monstros foi o que fez o nome dele em Hollywood, aparecendo em quase todos os seus filmes, inclusive os mais sérios. Traços presentes em ‘O Labirinto do Fauno’ (2006) ou ‘Círculo de Fogo’ (2013).

É legal saber que a inspiração para ‘A Forma da Água’ vem de um dos filmes favoritos de del Toro. ‘O Monstro da Lagoa Negra’ (1954). O diretor assistiu quando tinha apenas sete anos.

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.

Siga e curta-nos!