Jovem denuncia agressão com revólver no Shopping Higienópolis

Rapaz relata ter sido atingido por duas coronhadas na cabeça em ataque homofóbico; estabelecimento afirma que colabora com as investigações

Thais Lazzeri



14 fev 2018, 17h41

Um jovem afirmou ter sido vítima de um ataque homofóbico dentro de um shopping de luxo na região central de São Paulo. O caso aconteceu na manhã de segunda (12), véspera de Carnaval. Em relato feito nas redes sociais, João Pedro Medeiros diz ter sofrido ferimentos após ter sido atacado por um homem dentro do banheiro no Shopping Pátio Higienópolis.

Ainda no texto, Medeiros contou que lavava as mãos quando o homem passou a desferir xingamentos contra ele e o acertou com duas coronhadas na cabeça. “Ele gratuitamente disse que todos os ‘viados’ vão morrer.” O post com a hashtag #naoahomofobia, publicado na madrugada desta quarta (14), no qual informou sobre a agressão já alcançava mais de 4.000 compartilhamentos na nesta tarde.

Em um vídeo, também compartilhado em sua página no Facebook, Medeiros mostrou cenas gravadas na segunda. Ele, com uma das mãos trêmula e ensanguentada, aparece sendo atendido por bombeiros. O rapaz relatou ter levado nove pontos na cabeça. Ainda segundo ele, os seguranças do shopping não conseguiram pegar o suspeito da agressão. A reportagem tentou contatar Medeiros, amigos e familiares dele, sem sucesso.

Procurado por VEJA, o Shopping Pátio Higienópolis informou que “o cliente foi imediatamente atendido pela equipe de primeiros socorros e levado para um hospital da região. O empreendimento disse que segue à disposição das autoridades competentes para solução do caso.” Disse ainda que “não compactua com qualquer tipo de violência” e que ”já encaminhou as imagens para as autoridades competentes e segue colaborando para solução do caso.”

Um levantamento feito pelo Grupo Gay na Bahia mostrou que a homofobia foi a responsável por uma morte a cada 19 horas no Brasil no ano passado, quando 445 pessoas morreram – em 2016, foram 343 vítimas fatais.

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.

Siga e curta-nos!