Roman Polanski atuará em filme de Tarantino sobre Charles Manson

Nono longa do diretor mostrará os assassinatos cometidos pela família Manson em 1969, incluindo a da atriz Sharon Tate, esposa de Polanski

Da redação



2 fev 2018, 11h53

O diretor francês Roman Polanski atuará em um dos papéis centrais do nono filme de Quentin Tarantino, que contará a história de Charles Manson e os assassinatos cometidos por seus fanáticos seguidores na Califórnia, em 1969. De acordo com o jornalista Justin Kroll, da revista americana Variety, Brad Pitt e Tom Cruise também integrarão o elenco da nova produção. 

O longa retratará as atrocidades cometidas pela família Manson (o grupo liderado por Charles Manson), incluindo o assassinato em agosto de 1969 da atriz Sharon Tate, a esposa de Polanski, que estava grávida de oito meses e meio. O ator Leonardo DiCaprio já foi confirmado na produção e interpretará um ator desempregado, vizinho de Sharon.

Roman Polanski, de 84 anos, ainda é acusado por diversas mulheres de assédio e abuso sexual. O diretor foi indiciado nos Estados Unidos em 1977 pelo estupro de Samantha Gailey, de 13 anos. Aos 43 anos, Polanski admitiu ter tido relações sexuais ilegais com a menor.

O novo longa, que continua sem título definido, tem previsão de estreia para agosto de 2019, quando o assassinato de Sharon Tate completará 50 anos. Os atores Al Pacino e Margot Robbie ainda estão sendo cotados para o elenco. Tarantino já falou várias vezes que encerrará sua carreira no cinema quando lançar seu décimo filme. A próxima produção, portanto, seria sua penúltima.

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.

Siga e curta-nos!